Acho tão a cara de filmes gringos quando vejo um casamento na casa dos pais seguido de almoço para os convidados queridos! rs O grande dia da Tati e do Rafa foi muito sonhado e repleto de carinho!

O casal se conheceu no local de trabalho e por dois anos conseguiram esconder o namoro para que os colegas não percebessem. Românticos que só eles, tiveram dois pedidos de casamento! O primeiro foi durante o aniversário da noiva, e o segundo um dia antes do casamento civil, no restaurante preferido do casal e com direito a um anel que combinava com a pulseira presenteada anteriormente.

O dia do casamento foi idealizado para que todas as pessoas se sentissem em casa, com as suas roupas confortáveis e sentimento de pertencimento a uma grande família! A noiva tinha um desejo e humildemente pediu a Deus que o dia do seu casamento fosse marcado por um “frescor”. Surpreendentemente, no meio da cerimônia a Tati sentiu uma brisa no seu rosto e sentiu Deus te dizendo: “Aqui está o frescor que você tanto pediu!” Uau, como Deus é detalhista! Outro pedido da noiva era que o seu dia transbordasse amor e fizesse todo mundo acreditar novamente na força do amor. Ela não só viu muita gente chorando e comentando sobre o amor ali presente, como pode presenciar um pedido de casamento de um padrinho e uma revelação de gravidez de uma madrinha! O amor realmente transbordou nesse casamento na casa dos pais da noiva!

Saiba como organizar e planejar um casamento perfeito em casa!

“Nosso casamento foi todo DIY, desde o convite dos padrinhos, dos convidados, decoração, lembrancinhas, tudo. Como sabíamos que seria na chácara pensamos no rústico, então, o convite foi de craft com renda e um detalhe de coração conversando com os centros de mesa, garrafas e vidros envoltos por sisal e renda com o marcador em formato de coração de craft com um desejo (as mesas eram marcadas com palavras como amor, felicidade, cumplicidade, fé, etc.). Trabalhamos na Hershey’s, então as lembrancinhas tinham que ser chocolate. Colocamos nosso chocolate icônico, o Kisses, em um saquinho de craft carimbados um a um, escrito “Beijo dos noivos”. A cortina do altar foi toda de corações de papel seda recortados à mão por mim e minha mãe. Falando em mãe, o bolo foi ela quem fez. Não me importava aquele bolo maravilhoso, eu queria que ela também tivesse participação, principalmente porque ela faz bolos deliciosos. O buque de marshmellow da dama de honra foi feito por mim. Todos os hotéis tiveram um saquinho de juta com itens de banho personalizados para recepcionar os convidados, feitos por uma madrinha. O plano de mesas, o backdrop para as fotos, a almofada gigante, enfim, tudo feito por mim! Não posso deixar de mencionar que um dos anéis da foto do buquê era da minha avó, que está na foto de cadeira de rodas. Nossos doces eram típicos do interior, de abóbora, cocada, bombocado e paçoca amor. E por fim, nosso celebrante foi o tio do noivo!”

Conselho para futuros noivos

“Minhas dicas para quem está planejando é não pensar nos protocolos, fazer algo que seja a cara do casal. Ainda que a festa seja muito pensada em agradar os convidados, é importante que os detalhes tenham a ver com os noivos.” Tatiani, noiva

Veja o casamento em casa da Lina e do Elliot


Fotógrafo: Felipe Celino (Tatuí) | Buffet: Só Festas (Boituva) | Flores: Raquel Flores (Tatuí) | Tendas: Rei das Pirâmides (Sorocaba) | Doces: Pingo Doce – Doces caseiros (Tatuí) |Cabelo e Maquiagem: Studio 416 (Tatuí) | Vestido: Aslan Rigor (SP)

COMPARTILHE:
COMENTÁRIOS

Os comentários estão desativados.

Você pode também