Era uma vez...

uma menina que sempre sonhou com o seu casamento e com o príncipe encantado. Ela passou a infância e adolescência lendo histórias de amor e imaginando como seria quando chegasse a vez dela.

Sim

Ela sabia
que chegaria

Aos 17 anos de idade, em um dia típico de verão, os preferidos dela, ela conheceu um rapaz charmoso em um ponto de ônibus na porta da faculdade. Não estava tocando nenhuma música romântica e o céu não estava estrelado, no entanto um simples oi dele fez o seu coração bater mais forte. Após uma breve conversa descobriram estar na mesma turma de engenharia ( e diversas outras coisas em comum) e então começaram uma amizade no mínimo duvidosa.


Daquele dia em diante ela se perguntava dia e noite: será ele o escolhido? Ele preenchia todos os requisitos de uma listinha feita quando ela tinha 12 anos de idade. Mas como ter certeza que ele era a pessoa que Deus fez especialmente para ela? Algo dizia em seu coração que ela não precisava ter medo.. E ela decidiu ouvir.

Começaram a namorar algum tempo depois, em 2005, e em 2008 ela foi fazer um intercâmbio em um país muito distante. A primeira prova viria aí. A saudade doía em seu peito e por vários meses ela chorou todas as noites só de lembrar do sorriso dele.


Mas ele estava disposto a arrebatar de uma vez o seu coração e foi até lá fazer uma surpresa:

a levou a Paris

E fez o pedido de casamento mais incrível do mundo

Inclusive mais bonito do que todos que ela lera no passado.
Voltaram para o Brasil e começaram a sonhar com o casamento. Mas, em 2010, o ano tão esperado da formatura e do casamento, veio a segunda prova. Ela descobriu estar com câncer. Mas o que poderia separar esse amor os uniu de forma sobrenatural! Ela encontrou nele tudo o que precisava para enfrentar a doença (e qualquer outra coisa que porventura pudesse vir) e sair vitoriosa. Ele encontrou nela a mulher mais apaixonada e grata que poderia vir a conhecer. Terminado o tratamento ( e curada) e com a certeza de que nem a doença nem a morte poderia afastá-los, marcaram o casamento.


No dia 01/09/12 se casaram em um lindo parque, sob o pôr-do-sol, com direito a surpresa da noiva que estava prestes a se casar não com um príncipe de contos de fadas, mas um muito melhor. Um homem do qual ela se orgulhava de poder em breve chamar de marido e de poder se unir em uma só carne. Poderia se dizer que viveram felizes para sempre, mas a história deles não acabou aí… Estava só começando.


Diversos programas de TV, jornais, revistas e blogs queriam compartilhar essa história de amor. Foi aí que ela percebeu que o amor que eles tinham era algo que precisava ser contado ao mundo todo, assim como diversas outras histórias lindas espalhadas pela terra, todas sob o mesmo ponto de vista: do amor como meio de sobrevivência.

Essa menina descobriu que é sim abençoada por Deus mas que não é a única que vive uma linda história de amor. Ela decidiu que quer viver para mostrar ao mundo que o amor cura de fato e também para contar tantas outras lindas histórias como essa.

Essa menina sou eu, essa é minha história e esse é o cantinho para todos que veem o amor como forma de sobrevivência. Sejam muito bem vindos!

Essa menina sou eu,

essa é a minha história.

E esse é o cantinho para todos que veem o amor como forma de sobrevivência. Sejam muito bem vindos!